Era o que a minha mãe me dava antes de qualquer acontecimento que me deixava mais impaciente e me tirava o sono. Há alturas que bem precisava que ela abrisse de novo o frasco e me enfiasse umas colheradas dessa água boca abaixo. Era remédio santo.

30
Mai 12
Pessoas chegam e pessoas partem. Projetos começam e acabam ou ficam a meio. O dia sucede à noite. E por aí adiante...
Tempo de enterrar memórias e sepultar sonhos sonhados com outro lá dentro.
Tempo de partir para outro lugar e começar de novo.
Poucas coisas permanecem intactas: a "irmandade", a "sobrinhada", a profissão, a fidelidade da bondosa empregada e ... 2 gatos.
Enquanto tiver estes portos de abrigo, estou em paz.

publicado por obosmois às 20:18
 O que é? |  O que é? | favorito

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
31


arquivos
2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

mais sobre mim
pesquisar
 
as minhas fotos
blogs SAPO