Era o que a minha mãe me dava antes de qualquer acontecimento que me deixava mais impaciente e me tirava o sono. Há alturas que bem precisava que ela abrisse de novo o frasco e me enfiasse umas colheradas dessa água boca abaixo. Era remédio santo.

02
Fev 13

Talvez seja só impressão minha ou talvez as coisas sejam mesmo assim: à distância determinados acontecimentos parecem ter dimensões extraordinárias. Se estivessemos mais perto deles não teriam qualquer significado. É estranho manter isso em mente todos os dias e relembramo-nos que a catástrofe que estamos a ver por estarmos longe, na verdade não passa apenas de um tsunami numa carica de cerveja.

publicado por obosmois às 18:37
 O que é? |  O que é? | favorito
sinto-me:

Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


arquivos
2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

mais sobre mim
pesquisar
 
as minhas fotos
blogs SAPO