Era o que a minha mãe me dava antes de qualquer acontecimento que me deixava mais impaciente e me tirava o sono. Há alturas que bem precisava que ela abrisse de novo o frasco e me enfiasse umas colheradas dessa água boca abaixo. Era remédio santo.

26
Mai 06
Hoje senti-me invisível! Por vezes até dá geito mas hoje não foi uma dessas vezes.Sentir-se invisível para quem nós gostamos é uma das coisas mais terríveis que pode acontecer a alguém!Então quando já não se via essa pessoa há uma série de dias e durante esses dias aconteceram coisas pouco agradáveis ainda custa mais...é mais uma coisa negativa a juntar à lista de ocorrências das últimas semanas!

O meu psicólogo é que tem razão (eu sempre desconfiei que ele tinha razão).Dizia ele : "um tipo desses é parvo! Não te merece!!" Isto há uns anos atrás com outra criatura mas numa situação quase idêntica (sou reincidente...). Desta vez aprendi! Não vou gastar mais do meu tempo com quem não merece nem um bocadinho de mim, nem uma celulazinha ínfima de mim mesma. Teve todas as chances, todas as hipóteses, todas as oportunidades - não as soube aproveitar ou teve-as por garantidas!Olha , chapéu! Vá à fava mais quem lhe chateie a cabeça por muitos e longos dias!!

Eu vou seguir o meu rumo! A vida não pára e a minha muito menos! Há coisas mais importantes no mundo do que semelhante espécime da raça humana! Recuso-me a ser invisível seja para quem fôr (embora deva confessar que às vezes dava jeito) !!

Como é que uma Obra-Prima da Criação como eu sou pode ser invisível? É claro que não pode !!!

E assim se encerra mais um capítulo da minha vida. Amanhã é outro dia !! Mais feliz!! Mais luminoso!!Cada vez mais brilhante e mais visível para quem realmente interessa!!

Eu mereço!!
publicado por obosmois às 00:20

19
Mai 06
Há dias assim...dias em que nos sentimos tão desprotegidos que só nos apetece dizer como o salmista:

"À sombra das Tuas asas me abrigo até que passem as calamidades."

é aí que me sinto realmente segura.

Que bom ter um Deus assim!
publicado por obosmois às 00:00

11
Mai 06
Decidiram, há alguns anos, uns certos senhores que enfermeiros só com 3 anos de curso não era possível. O melhor mesmo era que os enfermeiros tivessem o grau de licenciado (o que eu acho muito bem) e que aqueles pobres coitados (como eu ) que tiveram apenas 3 anos de curso teriam que voltar à escola por mais um ano!! Não importava que nesses 3 anos tivessem mais horas curriculares que os actuais 4 anos - NÃO! Têm mesmo que voltar à escola e não há Acordo de Bolonha que nos salve!

Eu bem estava à espera que o bendito Acordo me desse uma equivalência automática à licenciatura ... em vão!... Tenho mesmo que ir para a escola mais 1 ano!...

Mas...(há sempre um "mas") em vez de tornarem a coisa fácil para se entrar na escola, não - dificultam o mais possível. Ele são impressos horríveis de se preencher que, ou se tiram da net ou vai-se comprar à escola e deixa-se lá mais uns quantos euros, com uma grelha sem pés nem cabeça que dá mais importância aos papeis que se escrevinharam com supostas investigações científicas e a cursos que só mesmo quem não tem mais nada para fazer pode frequentar... enfim, o trabalho directo com os utentes, as horas passadas em Trabalho com letra grande pouco contam...

Para completar o ramalhete e depois de queimar as pestanas a preencher os ditos impressos ainda se paga 50 euros de inscrição na candidatura que não são reembolsáveis se uma pessoa não conseguir entrar!

E eu (parva) lá vou cumprir esta via dolorosa para (segundo esses senhores) daqui a muitos anos (lá para a minha reforma?) ganhar mais uns quantos cêntimos em relação àqueles que só têm 3 anos de "tortura".
publicado por obosmois às 11:17

05
Mai 06
O vento soprava forte. O sol queimava até os ossos. O barulho do mar era ensurdecedor. Ele olhou para o céu e uma gaivota atravessou-se à sua frente. "E agora?" pensou ele quando se lembrou que tinha deixado o chapéu em casa. O mar era como o outro, mas aquele sol associado ao vento não augurava nada de bom. O que tinha planeado ser um dia perfeito sem preocupações e problemas, gozando apenas o mar, a brisa e o sol parecia estar destinado a ser mais um aborrecimento!
Voltar atrás para ir buscar o bendito chapéu estava fora de questão - demorar mais não-sei-quantas horas a atravessar a ponte...só de pensar sentiu uma dôr de cabeça.Começou a ficar nervoso. Nunca se separava do referido chapéu desde que começou a notar que o cérebro aquecia mais do que habitualmente durante o verão.Não era apenas um simples chapéu - era já um prolongamento de si próprio, uma espécie de substituto daquilo que tinha perdido.Ter-se esquecido dele era a mesma coisa que ter deixado um dedo ou uma orelha no duche.
"Idiotice a minha!!", gritou ele dentro de si mesmo. Não havia hipótese! Estava decidido!Tinha que se libertar daquela tirania chapeleira! Não era um chapéu ranhoso que lhe iria tirar o prazer de um dia relaxante à beira-mar! O primeiro dia de praia do ano! Estendeu a toalha, sentou-se e começou a espalhar protector solar écran total em todo o seu calvo couro cabeludo.

(Esta é dedicada ao Paulo...)
publicado por obosmois às 20:23

02
Mai 06
A minha gata é maluca! É um facto! Completamente xanfrada da cabeça! Acho que ela deve ser aparentada (ainda que longinquamente) com as avestruzes. Quando alguém entra lá em casa e se ela não conhece larga a esconder-se debaixo da cama. Noutro dia a porta do quarto estava fechada e ela não vai de modas - esconde-se debaixo da coberta do sofá do escritório. Claro que toda a gente via que estava um gato debaixo da coberta mas ela lá estava tranquila, sã e salva não vendo que não estava assim tão escondida e que o perigo afinal não tinha desaparecido.
O que é triste é que por vezes dou por mim a fazer a mesma coisa que ela - escondo a cabeça debaixo de qualquer coisa e é como se os problemas não me vissem (eu pelo menos não os vejo...) e como tal não existem.
Acho que além de maluca a minha gata é uma má influência.
publicado por obosmois às 20:53

Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30
31


subscrever feeds
arquivos
2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO